Parceiros e Afiliados
RPGs Parceiros
Afiliados em Geral

Os Barcos de Durmstrang

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os Barcos de Durmstrang

Mensagem por The Deep Sea em Qui 03 Maio 2012, 19:50


Os Barcos de Durmstrang


Os Barcos que serviriam de transporte para os alunos de Hogwarts para irem para Durmstrang estavam parados em um cais que haviam sido preparados apenas para aquela ocasião. Cerca de 5 barcos estavam a espera dos alunos matriculados nos mais variados cursos. Os barcos eram enfeitiçados e assim que partissem ficariam submersos. A viagem seria de 6 horas, devido a alta velocidade que o móvel possuía. No deck do barco estavam as velas e o posto do capitão, no primeiro andar de baixo da parte superior do barco, ficavam os demais aposentos e quartos todos trancados, com exceção da cozinha.

Assim que o aluno chegava ao Barco um funcionário de Durmstrang com um tipo de prancheta nas mãos com a ficha dos alunos dizia:

- Olá, Convidado ! Seja bem-vindo a um dos pedaços de Durmstrang. Lhe desejo uma boa estadia. A viagem tem duração aproximada de 6 horas.

The Deep Sea
avatar
Cargo : Administrador Sênior


Varinha : Laranjeira, Pena de codorna, 30cm, Flexível.


Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Barcos de Durmstrang

Mensagem por Convidad em Qui 03 Maio 2012, 21:53


Juliana C. Collin
It's time to say goodbye to turning tables



Precisava de certa forma colocar minha cabeça no lugar, passear me divertir e esse curso em Durmstrang seria um ótimo impulso. Conheceria pessoas novas e fugiria da rotina, isso era maravilhoso. Chegando o dia da viagem, fui arrumar minhas malas, coloquei pouca roupa, mas muitos produtos de beleza, para cabelo pele e muito mais, eu tinha que me cuidar afinal solteirona modeon# Um vestido para o baile e de resto sou uma menina comum a procura de novas coisas. Já que a única pessoa que eu tinha da família, tão próximo é a minha irmã gêmea, resolvi conversar com ela sobre o nosso futuro, sobre com o que iríamos trabalhar. Resolvi que refletiria muito sobre isso na viagem até Durmstrang. Coloquei uma baby look branca e uma saia de cós alto preta, com pregas. Salto alto é óbvio, uma meia pata preta e minha capa preta com o símbolo da Lufa - Lufa no peito, eita brasão mais lindo *-* Meus cachos soltos e bagunçados ajudavam os lábios vermelhos realçar a pele branca. Carregava uma mala média de rodinhas na mão esquerda e na oreita apoiada no braço uma maletinha , da cor rosa pink, equilibrava Bolty meu Poodle branco, junto ao meu braço. Clro que meu vira - tempo estava ali comigo escondido por baixo da minha veste, por que no mesmo instante eu estava com Mike em Hogwarts.

O vento batia no meu rosto enquanto eu andava até o lago negro, onde Os Barcos de Durmstrang me esperavam. Perto do lago era um pouco mais frio, talvez fosse pela umidade. De longe eu sei que eu parecia muito mais que uma menina metida, mimada e irônica, mas por dentro, eu tentava encontrar no meu íntimo algo ruim, raiva, ódio ou compaixão. Uma coisa é certa, após o desaparecimento do meu pai e todo aquele rolo com a Ordem de Merlin me fez ficar um pouco mais ríspida mas mais doce com os que eu amo. Descontraída e de bom humor, eu só não deixava as pessoas se aproveitar de mim u_u Chegando Ao barco olhei para trás o castelo era maravilhoso, então refleti que era para eu estar saindo dele nesse ano, mas Merlin fez com que eu ficasse mais e certamente, aprendesse muito mais. Sorri, ano que vem estaria me mudando, indo para a toca definitivamente, e buscando um emprego. É tão estranho pensar que tudo pode mudar de uma hora para outra, torcemos tanto para que chegue esse dia e quando chega, nós sentimos tanto receio... Receio por que queremos ficar eternamente com as mesmas responsabilidades medíocres achando que são fortes.

- Obrigada! - Exclamei ao charmoso homem que pegava minhas bagagens para guardar. Continuei com Bolty no colo, com um sorriso farto entrei dentro do barco que balançava vagarosamente no ritmo do mar. Aquilo me dava enjoo, mas havia tomado um remédio para isso, afinal uma viajem longa. Adentrando o barco olhei para tudo, era bem espaçoso e bem limpo. Procurei uma capine para mim, tanto faria em que andar fosse, eu iria dormir mesmo... Então entrei na primeira que vi. Havia um sofá de veludo branco, onde cabiam três pessoas, era bem equipada, com mesa de doces e tudo mais. coloquei Bolty no meu colo e comecei a fazer carinho em sua cabeça, senti por ter deixado minha gatinha Egle em casa com minha irmã, mas já era tarde. Encostei minha cabeça na madeira rústica que havia ao meu lado e estiquei minhas pernas apoiando em um banquinho a minha frente. Eu tinha uma certa dificuldade em saber o que queria para o futuro, haviam duas coisas que eu amava e pensava em seguir, a primeira seria trabalhar no Saint Mungus, como minha tia Jollie, que me ensinou muito de Poções e a outra no caso seria ser contratada pelo ministério para trabalhar dentro do departamento de esportes, ou seja, trabalhar com o Quadribol. Gostaria de aos pouco subir de cargo e o ministério é um lugar ótimo para evoluir profissionalmente. Ao meio dos meus pensamentos, fechei meus olhos e aos poucos fui adormecendo, sentindo o balanço leve do barco.
Convidad
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Barcos de Durmstrang

Mensagem por Lola Vengeance D'Laville em Sex 04 Maio 2012, 16:48




Lola Stark Vengeance


Férias
Durmstrang, é o que há !
Enfim mais um ano letivo em Hogwarts havia se passado, e como sempre saí satisfeita de minha ultima aula do ano. Sempre fazia meu máximo em todas as aulas, para poder aprender tudo que seria um dia muito necessário em minha vida bruxa. Com o chegar das férias, me veio à lembrança de tempos um pouco monótonos, porem com algumas exceções. Hogwarts sempre renovava meus ânimos, por isso era muito triste, por uma parte, ter de deixa-la. Mas esse ano uma novidade havia se aberto em minha frente e eu não a deixaria escapar.

Alguns dias antes de as aulas serem encerradas, um dos diretores nos deu um breve mais importante aviso, de que alguns cursos seriam ministrados, por renomados bruxos, na Instituição de Durmstrang, e qualquer aluno poderia participar de tais cursos. Aviso esse com fins acadêmicos, ou talvez um pouco “emocionais”, devido a eminente época que estava prestes a chegar, época essa de torneio tribruxo. Resolvi então me inscrever em dois desses cursos, pois não durariam muito tempo, e as aulas seriam muito interessantes, por serem diferentes das ministradas nos anos letivos em Hogwarts.

Chegado o dia de partida para Durmstrang me preparei com tudo que seria necessário. Assim que acordei arrumei minha mala, com algumas trocas de vestes, escova de dente, bolsa de necessários, e algumas outras coisas. Como seria um curto período pedi para que uma de minhas irmãs, a qual lecionava em Hogwarts, que levasse de volta a Roma minha coruja e alguns pertences que não seriam precisos. Fui então até o banheiro feminino me preparar para tal viagem que seria um pouco longa, tomei um rápido banho, e me sequei vagarosamente enquanto imaginava como seria a escola de Durmstrang. Por fim arrumei meu cabelo em uma linda trança de lado, me maquiei rapidamente e coloquei minhas vestes preto amareladas da Lufa-Lufa.

Sai em direção ao Salão Principal, mas antes que fosse até lá para tomar o café da manha me despedi dos colegas que partiriam direto para suas casas. Seria um período longo sem poder vê-los, pois muitos não moravam muito perto. Mas quem sabe eu não pediria uma ajudinha a minha irmã Ministra para poder visita-los rapidamente ? Sorri com a pergunta desnecessária, ela com toda a certeza me levaria para vê-los, ou mandaria alguém para me levar. Chegando no Salão Principal, como sempre optei por comidas leves, ainda mais prestes a realizar uma viagem de longa duração. Comi torradas com geleia, um pedaço de pudim, cookies de chocolate, e tomei por fim um suco de laranja, que parecia melhor do que nunca. Fui novamente até a comunal lufana para escovar meus dentes e pegar minha mala que levaria para Durmstrang.

Feito isso fui em direção ao cais do lago negro onde os navios ficariam a nossa espera. Observei que eram cinco barcos, cinco enormes e lindos barcos, me admirei com seus tamanhos e a estrutura que pareciam apresentar. Me juntei a um grupo de alunos que estavam indo em direção ao terceiro barco, provavelmente os outros já estavam cheios. Antes que adentrasse, senti uma leve brisa, é estava um pouco frio naquele dia, coloquei então meu casaco para permanecer quente, pois seria muito chato ficar doente durante a estadia em Durmstrang. Assim que adentrei o barco um funcionário de Durmstrang me deu as boas vindas e informou então a duração de nossa viagem, 6 horas aproximadamente. Aproximava-me de algumas amigas quando outro funcionário nos abordou pedindo que identificássemos nossas malas para que ele pudesse leva-las até o bagageiro, nos entregou uma etiqueta e uma pena. Coloquei meu nome completo, escola e casa e coloquei a etiqueta perto do fecho da mala e entreguei então minhas bagagens a ele.

Após todos os alunos, que iriam participar dos cursos, estarem presentes nos devidos barcos, partimos. Um balanço fez com que todo o barco tremessem muito e momentaneamente, estávamos enfim viajando. Como a viagem seria longa sentei-me em uma cadeira macia que estava perto de uma pequena luminária e comecei a ler um livro trouxa. Algum tempo depois, com minha vista já cansada resolvi parar um pouco minha leitura, fui então a uma pequena sala onde muitos alunos estavam a conversar, me assentei no chão perto de um grupo de lufanos que estavam comentando sobre a viagem . Alguns minutos depois me encontrava exausta e adormecida no colo de um amigo. Só quando o barco finalmente chegou em Durmstrang é que fui acordada. Sai para a superfície do barco e o local não se encontrava tão frio quanto Hogwarts estava quando partimos, então retirei meu casaco, e fiquei a esperar que o barco aportasse.



Lola Vengeance D'Laville
avatar
Cargo : Professora de Herbologia


Varinha : Salgueiro, 26 cm, Rígida, Pena de Hipogrifo


http://coisasdeumameninaqualquer.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Barcos de Durmstrang

Mensagem por Lilly M. Cancheski Grhal em Sex 04 Maio 2012, 20:26




Go Durmstrang or Bye Hogwarts?


Eu estava tremendo de ansiedade, queria ir logo pra Durmstrang seria um verão memorável , eu voltaria a Hogwarts ainda, tinha algumas pendências a respeito de uma particularidades, mas meu olhos ainda lacrimejavam de pensar que eu estava em meu último ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, minha eterna casa, meu eterno lar, onde eu praticamente vivi toda minha vida, onde eu queria estar por muito tempo, mas onde eu teria que abandonar um dia ou outro eu querendo ou não, eu sabia que ali não seria um tchau definitivo, eu voltaria,mas o peso que eu tinha no peito fazia parecer o último adeus e que eu não voltaria jamais, mesmo sabendo que eu estaria ali nem que fosse pra breves recordações.

Puxei meu malão por Hogwarts rumo ao lago negro, eu cantarolava um música trouxa, abatida mais animada, eu faria cursos fantásticos e ainda conheceria uma das mais influentes instituições de ensino bruxo do mundo,uma oportunidade e tanto,procurei alguns conhecidos dentre meio a multidão , eu conhecia a maioria, isso que da ser Monitora por quase toda a vida escolar, capitã do time de quadribol, popular e ser Vondervoort, você conhecia muita gente, alguns acenavam pra mim, pra não parecer sem graça eu apenas sorria, ainda procurando amigos de longa data, vi Juliana lá na frente, perguntei-me se Gabi também iria a Durmstrang,com certeza sim, depois vi Lola ela me olhou e sorriu sorri de volta.

Caminhei entrando em uma fila gigantesca, eu deveria ter me adiantado , mas fiquei presa em algumas coisas, tinha que passar meu cargo de monitora ainda, isso me deixava realmente tensa, que ficaria no meu lugar, eu tinha uns problemas que poderiam fazer tanto eu quanto Luch repetirmos de ano, nos formaríamos com nossos amigos, a trombadinha estaria junta de novo kkkkkkkkk, mas o problema eram os riscos, que eu me esqueceria por completo naquela viagem, por fim,a fila andou, eu queria tanto aparatar lá na frente, mas Hogwarts não permitia isso, bufei sorrindo,passei pra forma animaga, todos me olharam assustados, vendo um enorme tigre branco, passei a calda na alça do malão e o saí puxando rumo ao inicio da fila.

Chegando lá na frente empurrei uma grifa chata, olhei pra ver se não era Gabie começar uma 3ª Guerra Mundial mas não era. - Ora, Ora, Lillian Lunna. - O Home falou e eu apenas sorri ele riscou meu nome na lista e eu passei por ele entrando no barco, tudo era realmente lindo,a viagem seria memorável, verão memorável, apesar de quem eu queria não estava lá, possivelmente, passei por algumas pessoas, tirei a varinha de dentro da roupa sacudindo-a por cima do malão, ele se transformou em uma mochila pratica,Transfiguração, eu detestava Caled, mas seria eternamente grata a ele, passei a mochila no ombro e fui até as minhas acomodações,vi alguns conhecidos e sorri, não estava de papo só esperava que chegássemos logo ao Instituto de Durmstrang
Lilly M. Cancheski Grhal
avatar
Cargo : Defensor Público do Ministério da Magia


Varinha : Aveleira, Pena de Fênix, 32 cm, Pouco Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Barcos de Durmstrang

Mensagem por Valquíria C. B. Schatten em Sab 05 Maio 2012, 23:56

Finalmente...Durmstrang!



Estava ansiosa pelos cursos em Durmstrang. Além de ser uma boa forma de me distrair de todos os problemas, e aprender coisas novas, poderia rever o meu amor, Angus. Sentia muita saudade de Angus, e isso me entristecia. Mas, quando Lotte me contou sobre os cursos em Durmstrang, as batidas do meu coração acelerarão, pois sabia que lá estaria o amor da minha vida. Rapidamente ouvi os gritos das outras meninas, dizendo que tínhamos que ir para os barcos, rapidamente. Continuei arrumando minhas malas, colocando as melhores roupas para a “viagem”, pois não poderia aparentar ser deselegante na frente do meu namorado.
Nero ficava a acariciar minhas pernas, e isso era um sinal. Ele queria ser levado para Durmstrang. Peguei meu pequeno leopardo nos braços, e dei um beijo em seu focinho. Iria leva-lo, afinal, ele era meu melhor amigo. Com as malas finalmente prontas, corri para o banheiro. Banhei-me, e me arrumei.
Finalmente era chegada a hora de ir para os barcos, mas antes, tinha que procurar Charlotte. Dessa vez, era a gêmea pontual que havia sumido, e isso me preocupada muito. Voltei ao quarto, e Lotte não estava lá. Fui para a floresta, mas não a encontrei. E Pixie estava com ela, pois também não o achei. Logo a professora puxou o braço, me levando até a saída. Olhei fixamente para a professora, e disse que não podia ir sem minha irmã, mas a mesma hesitou e disse que logo Charlotte iria aparecer.
Eu estava trajando o belíssimo uniforme da Beauxbatons. Era a monitora da Persévéver, e isso me enchia de orgulho. Com o brasão de minha amada casa no peito, e um belo sorriso estampado em meus lábios. Ajeitava meu salto, que por sinal tinham 10 cm, e eram magníficos. Finalmente cheguei até o barco, e vi que algumas meninas já estavam adentrando aquele belíssimo barco. Minhas malas estavam muito pesadas, mas felizmente, um bom e robusto homem as pegou. Olhei para ele em imediato, e esbocei um simpático sorriso em meus lábios. - Obrigada, monsieur. — Disse o agradecendo. Um outro homem, chegava com uma lista com os nomes de todas as meninas que iriam para Durmstrang. — - Senhorita Holly Amie Le Blut? — O ouvir chamar meu nome, e dei alguns passos a frente. — - Estou aqui, mon ami. — O Sotaque francês estava me irritando, mas não tinha culpa, ainda não havia conseguido perder o costume. Após conferir meu nome na lista, subi ao barco, e um belíssimo rapaz me serviu um pouco de suco. Amigavelmente aceitei, e depois o mesmo se retirou. Continuei a pensar em Angus, e no que ele poderia estar a fazer. Será que pensava em mim com igual intensidade? Talvez não. Poderia estar me iludindo. Mas saberia ao chegar a Durmstrang. Um gélido vento fazia com que minha pele se arrepiasse. Nero correu e subiu em meu colo. O abracei, como se fosse um travesseiro, e fiquei acariciando sua cabeça. — -E a Lotte não apareceu... — Começava a ficar preocupada com Charlotte. Então, me levantei e tentei sair do barco, mas fui impedida. Desejava arduamente que Charlotte aparecesse. Ficava a cantarolar, enquanto Nero cochilava em meu colo. — - Colder than Ice. The World falls apart. Cold like a Stone. The spell on the Souls. Colder than ice... Let tenderness freeze…♪ — Continuava cantarolando, e sentindo a brisa do mar em meu rosto. O balançar do barco me deixava sonolenta, e ainda mais preocupada. Lotte não tinha aparecido, onde ela estaria?! Fiquei a cantarolar, observando o azul do céu, combinando com o mar.



Valquíria C. B. Schatten
avatar
Varinha : Dark Walnut, 32 cm, pena de fênix, rígida.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Barcos de Durmstrang

Mensagem por Simon B. Vondervoort em Seg 07 Maio 2012, 09:32



Let's Go To Durmstrang!


Nosso ano letivo havia chegado ao fim, ou talvez não, nesse fim de semana, o último que passaríamos no castelo, iremos para o Instituto Durmstrang, onde iremos fazer um curso, baseado em quatro matérias complementares, que são elas, Elementos, Táticas de Guerra, Artes das Trevas e Alquimia. Todos os alunos de Hogwarts estavam animados com essa história de ir estudar na Rússia. Arrumei meu malão com a maioria das roupas de frio que eu tinha, papai disse que lá fazia um frio absurdo, essa fora sua última reclamação antes de me entregar minha autorização.

Desci até o Lago, onde uma embarcação de Durmstrang nos esperava, eu adorava esse estilo rústico do instituto, uma coisa meio vicking, papai nunca me deixou estudar lá pela má fama do colégio, mas dessa vez ele abriu uma excessão, mas só porque ele viria junto, aliás, não só ele como todos os outros professores de Hogwarts nos acompanhariam na viagem. Ser filho de Professor não era fácil, a cobrança sempre era dobrada.

Ao adentrar no navio, um dos membros do instituto recolheu meu malão e me desejou boas vindas, sorri e respondi:

- Muito obrigado!

E segui junto de alguns amigos que se encontravam lá, e fiquei a espera do início dessa grande experiencia que viveríamos em Durmstrang.
Simon B. Vondervoort
avatar
Cargo : Estudante


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Barcos de Durmstrang

Mensagem por Will S. Vondervoort em Seg 07 Maio 2012, 19:07



Will Vondervoort Solace

Barcos de Durmstrang



Nossa como o tempo passa rápido, ainda me lembro quando adentrei pela primeira vez no castelo. Senti o cheiro da grama, e naveguei pelo grande lago, era um costume que os alunos novatos na escola chegassem ao castelo pelas canoas, graças a Merlin que não estava chovendo no dia. Quando entrei no Salão Principal, todos aqueles olhares vindos em direção a mim, mas minha maior emoção foi quando coloquei o chapéu na cabeça e ele gritou: Slytherin. Ele tinha cantado uma musiquinha bem tosca sobre o perfil dos alunos de cada casa, e na hora que ele falou da Sonserina disse comigo mesmo que era nessa que eu ia ficar. E agora o ano letivo estava no fim, um pouquinho depois que as aulas acabaram peguei o expresso de Hogwarts e voltei pra casa, eu tinha marcado de ficar um dia com Wê, e foi o dia mesmo, eu até dormi lá na mansão.

Voltei para casa no outro dia bem cedo, precisava arrumar minhas coisas e voltar para o castelo, alguns dias antes da partida Tia Beth, como gosto de chamar a diretora da minha ama Sonserina nos deu um aviso, pra quem quisesse Durmstrang estava ministrando alguns cursos para os alunos das duas maiores escola de magia da Europa, Hogwarts e Beauxbatons. Ninguém sabe aonde Durmstrang é localizada, exceto os alunos, eles devem ter jogado algum feitiço para que possíveis intrusos não chegassem perto do que deveria ser um castelo. Quando cheguei em casa existiam vários casacos comprados na Madame Malkin’s. Acho que Floyd estava fazendo algumas coisas para a minha mãe, ou até mesmo para a casa, ele não havia arruma do minha coisas, e isso ele fazia sem eu ao menos pedir.

Eu havia escolhido o curso de Artes das Trevas, e para ele precisava de um formulário de autorização que eu havia recebido por coruja e nem tinha me lembrado de entregar a minha mãe para assinar, desci as escadas e a encontrei sentada no sofá assistindo TV, entreguei o formulário para ela assinar, não dei explicações já que lá constava tudo, e ela também era professora de Beauxbatons, acho que deveria saber pra que servia o formulário. Subi novamente as escadas e voltei para o meu quarto. Quando voltei lá estava Floyd colocando minhas vestes de Hogwarts recentemente lavadas, então isso explicava seu sumiço. Ele se sentou na minha cama e com uma rapidez extrema dobrou os casacos que havia em cima da minha cama. Pedi para ele ficar e me ajudar a arrumar minha mala, ele mais do que eu sabia o que eu precisava.

Peguei algumas roupas de frio, e outras nem tanto e ia colocando no malão, abri outra porta do guarda roupa e ali peguei meus 4 perfumes preferidos, alguns relógios, e produtos de higiene pessoal, como escova de dentes, desodorante e etc. Peguei todos e coloquei em um estojo especial pra produtos, ele era enfeitiçado e tinha o fundo infinito. Já ia esquecendo minha varinha, ela estava no meu criado mudo em sua caixinha. Tirei da caixinha coloquei em cima de minha cama e a caixinha coloquei no malão. Faltava só tomar o banho e no outro dia pegar o expresso de Hogwarts que levaria de volta os estudantes para pegar o transporte que nos levaria até Durmstrang. Quando ia pegar minha toalha ouvi um toc,toc e a porta do meu quarto se abriu.

Era minha mãe, ela trazia em mãos o meu formulário de participação, ela deu um beijo na minha cabeça e saiu, coloquei o formulário na cama peguei minha toalha e fui tomar banho. Adentrei no banheiro tomei um banho não tão rápido e quando sai vesti um short e uma blusa e fiquei no meu quarto, fechei meu malão e coloquei-o debaixo de minha cama. Quando anoiteceu eu já fui dormir, queria recuperar minhas energias para gasta-las dentro do barco, conversando e fazendo atividades normais.

No outro dia, minha mãe foi me deixar na plataforma, e só desaparatou quando havia embarcado e o trem partido. Quando cheguei a Hogwarts eu desci e fui direto para o salão comunal da Sonserina, tomar um banho e ir para o navio, entrei no banheiro tomei um banho mais o menos rápido, quando saí coloquei a roupa que havia vestido no expresso.

Saí do salão da Sonserina com meu malão enfeitiçado, ele estava flutuando, não iria me dar ao trabalho de fazer um trabalho manual para levar aquele pesado malão até o lago, quando eu estando dentro dos terrenos e podendo usar magia. Não me preocupei com Mi, a minha coruja, em Durmstrang eu usaria uma coruja da escola pra mandar cartas a minha família.

Cheguei ao Jardim e notei que não havia só um barco mais sim cinco, no começo fiquei indeciso pra qual barco eu iria, mas quando vi Lola, uma amiga minha que era monitora da Lufa-Lufa, fiquei um pouco atrás dela, ela entrou no barco três e eu fiz o mesmo, não queria ficar sozinho, além do mais eu teria Wê, acho que ela estava atrás de mim. Quando cheguei à plataforma cheguei ao lado de minha bolsa e desfiz o feitiço.

A mala caiu no chão eu a segurei e entrei no barco, olhei as mediações da entrada e quando olho para frente de deparo com um cidadão, provavelmente devia ser funcionário de Durmstrang, pois ele segurava uma prancheta, e quando ele me viu desejou boas vindas e me disse a duração de nossa viagem, era de aproximadamente 6 horas. Era até bem rápido se considerando a distancia da Grã Bretanha até o norte da Noruega. Depois de colocar minhas coisas em uma das cabines, fui procurar pessoas conhecidas para conversar.

Quando o barco estava cheio, ele se mexeu um pouco, acho que estávamos emergindo. Agora era ficar 6 horas dentro do navio, conversando, brincando, ou até mesmo dormindo, esperando chegar a Durmstrang.


Will S. Vondervoort
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Barcos de Durmstrang

Mensagem por Werônica Du Weldenvarden em Ter 08 Maio 2012, 13:21


----------------------------------------------
Let's Go Durmstrang

Haje o que houver, não pare de cantar !
• • • • • • • • • • • • • • •



Então..aqui estramos nos novamente só que dessa vez para falar de coisa mais legais ainda (*-----------------*), mas vamos por parte,ainda em Hogwarts antes das férias eu assim como toda Hogwarts e demais escolas de magia e bruxaria ficamos sabendo sobre os cursos que iriam ter em Durmstrang ta ai..seria uma bela oportunidade de aprimorar meus conhecimentos sobre magia, assim que olhei a ficha com os cursos não pensei duas vezes e escolhi artes das trevas, o meu preferido, mesmo.

Já escrita nos cursos só era esperar minha mãe Beth assinar o termo de responsabilidade pois sou de menor, mas suponho que minha mãe estaria lá, nem iria precisar dois dias antes dos cursos voltei para o meu querido e vazio lar , a mansão Weldenvarden, onde passei um dia maravilhoso com Wil , muito bom mesmo, era ótimo ter ele ali, não por ser meu namorado e sim pelo carinho que o mesmo tem por mim, ultimamente tenho ficado tão sozinha naquela casa, minhas irmãs Emilie e Ágatha tinham ido morar com a tia Anellizze a minha mãe Beth em Hogwarts , emfim eu ficava completamente sozinha em casa.

Minha sorte era WIl, utilizamos muito tecnologias trouxa para nos comunicarmos (computador,telefone etc..) assim eu não me sentia muito sozinha e também ele vai até a mansão Weldenvarden e ficávamos la...olhando as estrelas e conversando sobre os demais assuntos da vida.

Um dia antes do curso minha mãe mandou uma coruja com o termo e um pequeno bilhete falando que iria viajar para outra determinada região, assunto de Hogwarts e que se desse iria em Durmstrang me dar uma força , sorri após ler seu bilhete e quando subi até meu quarto já vi em cima da minha cama minha mala que a minha elfa tinha já feito sorri e a dispensei pedi para que saísse do quarto . então tomei banho e vesti minha camisola..sendo assim dormi uma noite tranquila bem tranquila mesmo, no outro dia tomei outro banho e vesti minhas lindas vestes trouxas e me encaminhei a plataforma, fui levada pelo motorista da mansão, que graças a merlin não estava de folga.

Chegando na plataforma atravessei a mesma ( nove três quartos ) e adentrei no expresso, procurei pessoas conhecidas em vagões mas nada nadinha, adentrei em um vazio clocando minha mala em cima de uma pequena prateira própria para armazenamento de bagagens, me sentei no banco e em quanto o expresso apitava sua partida eu cai em um sono profundo e quando acordei já estava em Hogwarts , me ajeitei , minhas costas e pescoço doíam muito, talvez eu tenha dormido de mal jeito mas sendo assim peguei minha bagagem e me encaminhei a uma daquelas canoas que levavam ao castelo, eu procurava Wil por todo canto mas não o achava.

Já em hogwarts na comunal da sonserina me encaminhei ao grande salão onde teria um jantar com todos os alunos , ai sim vi Wil, mas o lugar onde o mesmo estava eu não podia sentar pois era ocupado por monitores e os outros alunos ocupavam os lugares pertos vagos.Então..acabe-se o jantar volto a comunal e invado o banheiro da murta que geme, tomo um banho bem fresco na banheira e volto para dormir, ja no outro dia, me levanto quase atrasada, tomo outro banho, só que dessa vez na banheira da comunal mesmo e pego minha bagagem saio correndo do castelo e me encaminho ao lago...chegando lá vi 5 barcos, fiquei meio confusa no qual entrar mas fui ao primeiro que vi em minha frente,o barco três , adentrei no mesmo quando um homem, aparentemente funcionário do ministério ou Durmstrang estava uma uma prancheta nas mãos com a ficha dos alunos dizia:

- Olá, Werônica Du Weldenvarden ! Seja bem-vindo a um dos pedaços de Durmstrang. Lhe desejo uma boa estadia. A viagem tem duração aproximada de 6 horas. , sorri e falei - Muito Grata, senhor !.Colocando minha bagagem perto de outra, olhei bem e vi o nome Wil Vondervoort, era a bagagem de WIl, sorri satisfeita e sai a sua procura.

O Barco tava enchendo aos poucos, eu percorria o lugar mas não achava WIl por ali, vi pessoas conhecidas tipo a Loita etc..mas não o vi, por isso resolvi sentar-se no lugar e agurda-lo ali mesmo, então não demora muito e o mesmo chega, senta-se ao meu lado, sorrio dando-lhe um selinho molhado,coloquei minha cabeça em seu ombro e ali dormir um pouco . Dormi mais ou menos 4 horas de viagem as outras 2 restante passei conversando com Wil .



• • • • • • • • • • • • • • •
Werônica Du Weldenvarden
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Barcos de Durmstrang

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum