Parceiros e Afiliados
RPGs Parceiros
Afiliados em Geral

Quarto X

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quarto X

Mensagem por The Golden Compass em Qui 21 Maio 2015, 20:32



Quarto

Um local repleto de magia, calmo e aconchegante. Quando um bruxo coloca a mão na maçaneta, um quadro com número surge na porta. É preciso que o bruxo (a) escolha o número de pessoas que ficará no quarto e, dessa forma, o local se ajustará ao pedido do consumidor. Ou responder a quantidade correta de pessoas, mas de forma oral, informando a porta quantos ficarão no quarto. Quando abrem a porta é possível ver as cortinas negras e acinzentadas decorando o local. As grandes camas de colchões macios e lençóis escuros, uma caixa com velas em cima de uma mesa de mogno e cobertores grossos sobre a cama. Do outro lado do quarto era possível ver dois banheiros com cerâmica azul e prata, uma grande banheira, produtos de banho e toalhas.
 




The Golden Compass
avatar
Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por Madness T. Kathullu em Qui 21 Maio 2015, 22:16



Subimos até o corredor onde estavam os quartos. Estava tão cansada que até cambaleava ao andar, parecia mais que eu estava chapadona. Ao chegar na frente da porta, coloquei a mão na maçaneta. Um quadro apareceu na porta. — Três — Disse com uma voz de suspense, olhei para Bragi e Raven com uma expressão de "pensei que alguma coisa foda iria acontecer" Dei de ombros e girei a maçaneta. Ao entrar, demos de cara com um quarto super foda. Com três camas, banheiro, tudo parecia limpo e bem arrumado, diferente da cidade que parecia mais que ninguém morava lá. — Caralhooooooooooo. — Sai correndo e pulei na cama que ficava perto da janela. — Minhas pernas estão bambas. — Tirei os sapatos, relaxando e fitando o teto. — Só esqueceram da comida, e agora, o que a gente faz? — Indaguei.

— Preciso de um banho, mas antes... — Me levantei, olhando para Bragi. — Problema, coloca umas barreiras marotas ai nas janelas e nas portas. Não quero que nenhum vampiro entre aqui na madrugada. Imaginem só morrer dormindo? — Abri um sorriso travesso, ficando sentada na cama. — Que tal a gente juntar as camas e dormirmos os três agarradinhos? — Gargalhava.
Madness T. Kathullu
avatar
Cargo : Fiscalizar a natureza


Varinha : Carvalho, Pelo de Acromântula, 29 cm, Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por Bragi M. Cancheski Grhal em Qui 21 Maio 2015, 23:09

Subimos as escadas e procuramos o tal quarto dez, o que Mad pediu. Não demorou muito para encontramos uma porta com a inscrição de um "X", que representava o tesouro escondido... Ou no caso, o dez em algarismos romanos. Madness foi a primeira a ir com tudo na maçaneta, se preparando para virar e abrir a porta, dando de cara com vampiros transando ou alguma porra dessa, mas nada demais aconteceu, além é claro de um quarto da melhor qualidade e mordomia para nós três. Meus olhos brilharam de alegria ao ver que estaríamos muito bem neste lugar. Mad foi explorando o quarto, falando que precisava ir no banheiro tomar um banho antes de qualquer coisa e pedindo para que eu lançasse alguns feitiços de proteção ao redor, uma boa ideia - Ok amor, vejamos.. Protego Horribilis! Fianto Duri! Protego Maxima! - Dizia apontando a varinha para janelas, paredes e portas como um mantra, até achar que já estava bom. Foi então que minha doidinha falou sobre juntarmos as três camas e dormirmos agarradinhos. Parei o que estava fazendo e ergui uma sobrancelha, encarando Corvolina e fazendo uma careta. Me aproximei de Mad e a peguei nos braços, pondo seu corpo leve sobre meu ombro, segurando-a pelas pernas e dando uns tapas na sua bunda - Cheia de graça né, minha danadinha? - E a joguei sobre um colchão, fazendo-a quicar algumas vezes sobre as molas da cama. Subi sobre ela e enchi seu pescoço e rosto de beijos, segurando seu corpo contra o móvel de dormir. - Vamos dormir na mesma cama, não vamos? Diz que sim, diz... Ou então não te solto. - Sorri maliciosamente, usando mais o peso do meu próprio corpo para segurá-la naquela posição. Aproximei meus lábios de seu ouvido e sussurrei - Eu to louco de vontade de ficar agarradinho contigo, amor...

Bragi M. Cancheski Grhal
avatar
Cargo : Professor de Camuflagem Transfigurativa


Varinha : Aveleira, Fibra de Coração de Dragão, 27 cm, Bastante Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por Madness T. Kathullu em Qui 21 Maio 2015, 23:40



Respirei aliviada assim que Bragi jogou os feitiços pelo quarto. Me senti mais segura de tudo. Peguei minhas coisas que estavam comigo feito mágica e me levantei para ir no banheiro. — AAAAAAAAAAAAAH, o primeiro a tomar banho vai ser eu. — E sai correndo, mas acabei sendo pega por Bragi, que me pegou de cabeça pra baixo e começou a morder minha bunda. — Meeeeeeeee solta amor. — Gritava, e então, mordi a bunda dele. — Seu quengo. — Disse, sendo jogada na cama e depois tendo o peso dele todo em cima do meu corpo. — AMIIIIIIIIIIIIIIGA, vai ficar ai só olhando? Me ajuuuda. — Pedi. Comecei a bater as pernas, mas Bragi era maior e mais forte que eu. — Ta bom, ta bom, vamos dormir juntos, agarradinhos, tá? — E comecei a rir, olhando para Raven. — Agora me solta, preciso tirar o sebo do corpo. — Pisquei pra ele, que me soltou. Corri até o banheiro para que ele não me pegasse novamente e fechei a porta. 

Demorei alguns segundos e abri novamente. — Estou de olho em vocês dois. — E fiz uma expressão séria, como se estivesse realmente falando a verdade. Novamente girei a maçaneta e logo retirei as roupas. O banheiro no qual eu havia entrado era puro luxo. Enchi a banheira rapidamente e joguei tudo que era produtos de banho ali dentro. 

[...]

Estava realmente relaxada. Sai do banheiro enxugando o cabelo e suspirei. — Nada mais gostoso do que a água desse lugar, sério! Parece que é mágica, me relaxou todinha. — Disse sentando na cama, e retirando a toalha dos cabelos. — Quem vai ser o próximo? Não quero dormir com ninguém fedendo. — E me levantei, retirando o roupão e ficando apenas com o meu pijama super quentinho. 
Madness T. Kathullu
avatar
Cargo : Fiscalizar a natureza


Varinha : Carvalho, Pelo de Acromântula, 29 cm, Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por The Question em Sex 22 Maio 2015, 01:35



Rango.

Como em qualquer local aconchegante, a comida quente e as bebidas não podiam faltar. Mr. Huxley cara de porco, além de recepcionista, também era o cozinheiro da pousada. De repente, um buraco redondo se abriu em meio ao quarto X. A mesa arredondada subia lentamente, fazendo ruídos de metal. Era possível ver alguns pratos negros, colheres, garfos e facas. Também tinham copos, uma garrafa de chocolate quente, uma jarra de suco e um potinho de açúcar. Quando os hospedes levantassem a tampa a primeira coisa que veriam era uma grande e sangrenta cabeça de corpo. Mas os efeitos durariam apenas por dez minutos, depois um grande e suculento frango assado apareceria. A cabeça de porco era apenas uma ilusão criada pelo cozinheiro. Ao lado dos pratos era possível encontrar uma caixa preta  com um bilhete de boas vindas. Dentro da caixa tinha doces em formatos de dentes de vampiros, jujubas, algumas trufas e escaravelhos de chocolate. Já no bilhete de boas vindas dizia as seguintes palavras:

Sejam bem vindos a pousada do Porco. Lugar onde o nome é raramente dito, sempre caçoado, talvez, tachado de amaldiçoado, mas que sempre foi abençoado. Pedimos para que não saiam da pousada durante a noite e tomem cuidado com as janelas. Não nos responsabilizamos pro ataques vampirescos. Caso corpos sejam encontrados no quarto, o elfo doméstico fará a limpeza assim que os sobreviventes acordarem.


Atenciosamente,
Mr. Huxley fucinho de porco.





The Question
avatar
Varinha : ?


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por Bragi M. Cancheski Grhal em Sex 22 Maio 2015, 09:18

Depois de agarrar Madness e principalmente me aproveitar para tirar uma casquinha e uns amassos dela em tom de brincadeira, ela foi tomar banho, deixando eu e Raven sozinhos no quarto, um em cada canto. - Eca, amor - Disse, rindo em seguida. Parecíamos estar de castigo, porque um ficava encarando o outro e fazendo expressões de cunho psicopata. A Corvolina adorava fingir que girava o pescoço como a menina do filme trouxa, Exorcista. E enquanto ela se divertia tentando me assustar, resolvi ficar em pé na cama  e testar a capacidade de "suspensão" dessas molas. - I looked out this morning and the sun was gone, Turned on some music to start my day... I lost myself in a familiar song... I closed my eyes and I slipped awaaaaaaaaaaaaaaaay - E cantava, pulando na cama e fazendo um movimento com os braços, como se eu tivesse uma guitarra. Tudo parecia muito silencioso com exceção dos meus berros choramingantes típicos da música... Só esperava que não desse merda com os outros hóspedes pelo som alto a esta hora. Saltei da minha cama, mais no canto, para a cama do meio e depois para a cama da Raven, pulando atrás dela e de pé, fazendo o colchão saltar - It's more than a feeeeeeeeling, when I hear that old song they used to play. - E então notei que Madness saía do banho, com os cabelos molhados e com uma expressão renovada, cheia de felicidade e relaxada. Saltei para o chão, ainda cantando e me aproximei dela, abraçando e girando-a - More than a feeeeliiiiiiiiing, 'Till I see Marianne walk awaaaaaaay.- E dei um selinho em Mad, abraçado a ela e rindo - Olá Marianne. - Depois fiz uma careta e dei um beijo em seu rosto, deixando que ela comentasse sobre o quão bom estava o banho. Ela perguntou quem seria o próximo a se deliciar no banheiro e eu prontamente ergui a mão, já me preparando para ir... Foi então que um buraco se formou no chão, fazendo nós dois nos afastarmos e dando espaço para uma mesa subir, com um cheiro delicioso de jantar exalando debaixo dos panos. - RAAAAAAAAAAAAAAAANGO! CARALHO! Caprichado, vou tomar banho rapidinho e volto, não comam tudo porra! - E saí correndo antes mesmo de saber o que tinha ali debaixo, me trancando no banheiro. Felizmente havia água quente, o que me deixou relaxar bastante e tirar a nhaca braba da viagem. Ok, daí veio o momento mais tenso do dia, sair do banho quente e voltar ao frio do inverno. Me enxuguei rapidamente , antes do frio me matar e vesti roupas novas que trouxe. Quando voltei para o quarto, notei as duas meninas transtornadas com algo na comida. Havia uma cabeça de porco sinistra que se transformou em um frango. Arranquei a coxa e dei uma mordida - Deliciosa... Tem gosto de frango - E rindo, me sentei à mesa para comer mais algumas coisas.

Bragi M. Cancheski Grhal
avatar
Cargo : Professor de Camuflagem Transfigurativa


Varinha : Aveleira, Fibra de Coração de Dragão, 27 cm, Bastante Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por Raven V. M. C. Crownford em Sab 30 Maio 2015, 13:42


A excursão estava até legal, porém ainda não tinha visto nenhum vampirinho camarada que poderia ser meu abiguinho. O que eu mais queria era dormir e só acordar ano que vem. Uma hibernação, até que não seria ruim. Nós três subimos as escadarias até chegar no nosso quarto, andei até a cama e deixei meu corpo cair de costas sobre o colchão. — Eu não quero mais sair daqui. Bragi solta ela. — Disse, virando o rosto para encarar Madness e Bragi que estavam se agarrando feito dois macacos. — Eu não quero nenhuma safadeza quando estiver aqui, ok? Não quero ficar traumatizada, já basta ficar de vela aqui e ter que ficar abraçada com o travesseiro. — Arqueei a sobrancelha e cerrei os olhos. Peguei o travesseiro e o abracei, cheirando em seguida. — Até que não é tão ruim assim.— Continuei enquanto esfregava meu rosto do travesseiro. 

A corvina disse que iria tomar banho e sinceramente eu não entendi mais nada depois daquilo, só percebi que estava acontecendo alguma coisa no quarto quando o Bragi começou a pular em cima da minha cama, fazendo com que meu corpo levantasse um pouco. Coloquei o cabelo na frente do meu rosto, virando meu rosto do mesmo jeito demoníaco que fazíamos. — DÁ UM TEMPO, BRAGIL! Aquieta a poupança. — Levantei minha perna e empurrei o garoto com o meu pé. Madness saiu do banheiro e o lufano doido entrou. Entortei a boca e olhei para ela. — Temos que conversar depois, mocinha. — Sorri brevemente e me levantei, indo abraça-la. — E seu irmão é um idiota, mas isso você já deve saber. — Balancei os ombros e apertei suas bochechas. — Você viu algum vampiro por aí? Queria perguntar se eles brilham no Sol ou viram pó.— Coloquei a mão no queixo e comecei a andar pelo quarto. 

Assim que Bragi saiu, fui para o banheiro tomar meu banho para ficar mais cheirosa ainda. Lavei tudo o que eu tinha de direito e sai da banheira, me enxugando rapidamente e me vestindo. — Vocês ainda deixaram alguma coisa pra mim? — Sai correndo do banheiro e deslisei até a mesa, como se estivesse patinando. — UEPA... Un, dos, três... Uma comidinha pra minha barriguinha... — Cantei me sentando na cadeira, averiguando os pratos ali presentes. Arranquei a coxa do frango e pus no meu prato, colocando mais algumas coisinhas ali. Bem poucos, sabe? Dois pãozinhos de queijo, molho sobre o frango, feijão, batatas... — Vai ficar só olhando, Mad? — Ri, pegando um garfo e comendo um pouco do feijão após dar uma mordida no frango.

Raven V. M. C. Crownford
avatar
Cargo : Vender minha arte...


Varinha : Figueira, Pelo de Acromântula, 28 cm, Pouco Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por The Question em Seg 01 Jun 2015, 16:37

POSTAGENS ENCERRADAS
The Question
avatar
Varinha : ?


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por Madness T. Kathullu em Qui 11 Jun 2015, 01:36



Apesar de estar cansada a sensação de dever cumprido era muito boa. Entrei no meu quarto, que dividia com Bragi e Raven. — PEGUEI VOCÊS NO FLAGRA! — Disse afobada entrando, só de zoeragem. Comecei a gargalhar, olhando os dois. — Vou tomar um banho, deitar nessa cama e só acordar em dois mil e cem. Respirei fundo, caminhando até o banheiro.

[...]

Assim que sai do banho, me deitei na minha caminha que parecia até um algodão doce de tão fofa, aos poucos fui fechando os olhos. Queria muito conversar com Bragi e Raven mas estava cansada demais, até que... dormi.
Madness T. Kathullu
avatar
Cargo : Fiscalizar a natureza


Varinha : Carvalho, Pelo de Acromântula, 29 cm, Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por The Question em Sex 12 Jun 2015, 16:53



Chegou a hora.

O céu finalmente ficara escuro, exceto por vários pingos brilhantes das estrelas que se espalhavam por ele. Aos poucos, por todas as janelas dos quartos, se via uma grande esfera prateada no céu se revelando por trás de algumas nuvens. A lua cheia clareava a praça da Cidade dos Vampiros e despejava seu esplendor por dentro de cada um dos quartos. O uivar de lobos era audível ao longe, além de gritos agonizantes que começavam lentamente, tomando maior intensidade a cada segundo. Um bilhete pelo senhor Focinho de Porco estava preso em cada uma das janelas sem cortinas:

Boa sorte.





The Question
avatar
Varinha : ?


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por The Question em Qua 17 Jun 2015, 00:48

POSTAGENS ENCERRADAS
The Question
avatar
Varinha : ?


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto X

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum