Parceiros e Afiliados
RPGs Parceiros
Afiliados em Geral

Quarto XII

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quarto XII

Mensagem por The Golden Compass em Qui 21 Maio 2015, 20:34



Quarto

Um local repleto de magia, calmo e aconchegante. Quando um bruxo coloca a mão na maçaneta, um quadro com número surge na porta. É preciso que o bruxo (a) escolha o número de pessoas que ficará no quarto e, dessa forma, o local se ajustará ao pedido do consumidor. Ou responder a quantidade correta de pessoas, mas de forma oral, informando a porta quantos ficarão no quarto. Quando abrem a porta é possível ver as cortinas negras e acinzentadas decorando o local. As grandes camas de colchões macios e lençóis escuros, uma caixa com velas em cima de uma mesa de mogno e cobertores grossos sobre a cama. Do outro lado do quarto era possível ver dois banheiros com cerâmica azul e prata, uma grande banheira, produtos de banho e toalhas.
 




The Golden Compass
avatar
Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto XII

Mensagem por Jinx M. Cancheski Grhal em Sex 22 Maio 2015, 13:24



EXCURSÃO

CIDADE DOS VAMPIROS




Ao chegarmos até o local onde se encontrava o quarto numero 12, nos deparamos com uma grande porta. Como uma garota que adora coisas horripilantes, meu corpo todo começa a tremer de excitação. Mal conseguindo me segurar, toco na maçaneta para adentrar o local. Mas ao invés de abrir, apenas apareceu um quadro com vários números.
Olho para aquilo sem entender, até que Ádamo diz que aquilo era para que informassemos a quantidade de pessoas que ficariam hospedados ali, para que assim o quarto se ajustasse para o numero determinado, ou seja, era quase igual a Sala Precisa, provavelmente era a mesma magia.
Olho então para o quarto e digo nitidamente, quase que gritando:
- CINCO! - Então escutamos um rangido e então as portas se abrem, revelando assim o quarto em que ficaríamos. Confesso que essa era a parte da excursão que eu mais ansiava, pois sempre ouvira falar dessa Pousada. E não estava nenhum pouco decepcionada. O quarto era escuro, sendo apenas iluminado por velas. As janelas eram cobertas por cortinas negras, assim como os lençóis. 
Abro um largo sorriso e após jogar minha mochila em um quanto qualquer, corro até uma das camas e assim como uma criança me jogo em cima da mesma. Começo a rolar em cima dela e a gargalhar. Sério, aquele quarto parecia ter sido tirado daqueles filmes trouxas do Drácula. Escuto então um pigarro e volto em si. Olho em volta e vejo todos me olhando. Assim sento de forma ereta no colchão e tento arrumar a bagunça que ficou meu cabelo.
- Err... acho que eu realmente gostei desse quarto.- Solto uma risada sem graça e olho mais uma vez em volta. Noto então dois banheiros.
- Ah, banho! Irei então tomar banho primeiro, se não se importar Lexis. - Sem esperar por uma resposta, pega minha mochila e corro até o banheiro, onde eu tomo um relaxante banho de banheira.
Após estar limpa, saio do banheiro vestindo meu pijama de vaquinha. Sento na cama novamente e digo:
- Então, o que vocês querem fazer hoje? E por favor, não me falem que querem dormir. - Faço um biquinho e termino de secar meu cabelo com a toalha. 
- Eu adoraria pegar uma peça nos professores, mas esse ano não tem nenhum que eu odeie. - Me estico então na cama e olho para o teto negro. Solto um suspiro e começo a pensar. "O que deveriamos fazer então?" penso comigo mesma.

CODED BY: IG & SA
Jinx M. Cancheski Grhal
avatar
Cargo : Regulamentação de Criaturas Mágicas XXXXX


Varinha : Faia, Pelo de Unicórnio, 26 cm, Bastante Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto XII

Mensagem por The Question em Sex 22 Maio 2015, 23:11



Comida.

A alegria que alguns irradiavam ao entrar na hospedaria era percebida por vários. Não apenas por quem estava dentro do lugar, mas pelos sons que eram ouvidos fora dele. A animação dos jovens do quarto de número doze era perceptível por Huxley. Ao entrar com seu carrinho de tamanho médio, encontrou os jovens, e rapidamente fez uma pequena curvatura e saiu.
Diversas bandejas estavam distribuídas em cima, além de diversas jarras contendo sucos das cores mais impossíveis, porém com gostos de frutas comuns. Ao abrir uma das bandejas, confetes e serpentinas voavam com uma pequena explosão, desaparecendo antes mesmo de chegarem ao chão. Costelas de porco, arroz, feijão e bifes à parmegiana estavam distribuídos em toda a extensão do carrinho.
Uma caixa de madeira rústica, porém em um verde limão gritante, estava colocada próxima a um dos extremos do carrinho. Feijãozinhos de todos os sabores e doces extremamente azedos estavam ali dentro. Colocado delicadamente em cima de uma das jarras, um bilhete estava equilibrado, e neste continha o seguinte texto:

Sejam bem vindos a pousada do Porco. Lugar onde o nome é raramente dito, sempre caçoado, talvez, tachado de amaldiçoado, mas que sempre foi abençoado. Pedimos para que não saiam da pousada durante a noite e tomem cuidado com as janelas. Não nos responsabilizamos pro ataques vampirescos. Caso corpos sejam encontrados no quarto, o elfo doméstico fará a limpeza assim que os sobreviventes acordarem.


Atenciosamente,
Mr. Huxley fucinho de porco.





The Question
avatar
Varinha : ?


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto XII

Mensagem por The Question em Seg 01 Jun 2015, 16:37

POSTAGENS ENCERRADAS
The Question
avatar
Varinha : ?


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto XII

Mensagem por Madness T. Kathullu em Qui 11 Jun 2015, 01:25



Tinha escolhido o quarto onde estavam os meus cunhados e outros alunos para fazer a próxima ronda. Entrei sem muita cerimônia e encarei a todos. — OIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII! — Cumprimentei todos sorridentes, não sabia ao certo se eles sabiam ou não que Bragi e eu estávamos namorando, mas sabiam que pelo menos uns beijos a gente dava. Me sentei em uma das camas, me deitando. — O diretor da Grifinória está me fazendo rondar os quartos para ver se há alguma putaria. — Fechei os olhos por alguns segundos e depois os abri novamente, ficando sentada e olhando todos. — Aqui não tá rolando putaria, né? Bem, os professores colocaram uns feitiços nos quartos, é meio que uma câmera escondida, sabe? Que qualquer coisa eles vêem lá. Enfim, juízo vocês. — Caminhei até a porta, me virando para eles. — Tchaaaaaaaaau! — E sorri, indo para o ultimo quarto.
Madness T. Kathullu
avatar
Cargo : Fiscalizar a natureza


Varinha : Carvalho, Pelo de Acromântula, 29 cm, Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto XII

Mensagem por The Question em Sex 12 Jun 2015, 16:53



Chegou a hora.

O céu finalmente ficara escuro, exceto por vários pingos brilhantes das estrelas que se espalhavam por ele. Aos poucos, por todas as janelas dos quartos, se via uma grande esfera prateada no céu se revelando por trás de algumas nuvens. A lua cheia clareava a praça da Cidade dos Vampiros e despejava seu esplendor por dentro de cada um dos quartos. O uivar de lobos era audível ao longe, além de gritos agonizantes que começavam lentamente, tomando maior intensidade a cada segundo. Um bilhete pelo senhor Focinho de Porco estava preso em cada uma das janelas sem cortinas:

Boa sorte.





The Question
avatar
Varinha : ?


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto XII

Mensagem por The Question em Qua 17 Jun 2015, 00:48

POSTAGENS ENCERRADAS
The Question
avatar
Varinha : ?


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto XII

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum