Parceiros e Afiliados
RPGs Parceiros
Afiliados em Geral

FUNÇÕES (GUARDA DO CONSELHO DOS BRUXOS)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

FUNÇÕES (GUARDA DO CONSELHO DOS BRUXOS)

Mensagem por The Holy Death em Dom 04 Jun 2017, 20:52


A GUARDA DO CONSELHO DOS BRUXOS

“Desde que San Bansfield partiu em busca da união do Caribe, nunca mais soubemos o que era normalidade e descobrimos o que eram crimes e injustiças”, afirmam os grandes cientistas políticos mágicos e essa afirmação se deve a uma instituição mais antiga do que aquilo que defende. A Guarda do Conselho dos Bruxos é a “varinha dos conselheiros”, a grande responsável pela cobrança das leis e a segurança dos povos e das propriedades.
A Guarda do Conselho teve início há cerca de sessenta anos, mas denominada como Irmandade dos Mares do Caribe, uma tentativa de piratas, comerciantes e jornalistas de enfraquecer ataques piratas nas margens das ilhas da região e a fuga de Comensais da Morte quando, na Europa, a última Lady das Trevas Saphira Du Weldenvarden fora destruída por Luch Drac e toda a sua armada de heróis. Desde então, os comensais viram o Caribe como um grande berço da magia negra e um refúgio e resolveram “doutrina-lo”, caçando seus mestiços (grande parte da população), terrorizando contra o Conselho dos Bruxos e tentando impor um Ministério das Trevas que seria liderado Sheogorath Rot Hoyer, que estava preso na Inglaterra e a quem os comensais da morte que viviam no Caribe designavam como “o comensal de maior patente”( Sheo nunca chegou a pisar no Caribe).
Durante dois anos, o Caribe conheceu os resquícios da guerra que perdurou na Europa, o que fizera com que “homens do Mar” se reunissem numa tripulação para caçar todos aqueles que seguiam a doutrina de Saphira e assim fora feito, no meio desta Irmandade encontrava-se Emiliano San Bansfield.
Emiliano, conhecido por se tornar, mais tarde, chefe do Conselho dos Bruxos, entendeu que o Caribe necessitava de uma guarda e perdoou os crimes contra a propriedade daqueles que evitaram o surto comensal e os transformou em “Guardas do Conselho”, homens honrados. Todavia, esses homens pouco tinham de ética e muito menos fidelidade e aos poucos a instituição de moderação fora enfraquecida, pois os próprios seguidores da ordem a feria.
Foi então que o General da Guarda da época, o pirata “Franklin Olho-de-elfo” (devido ao fato de que quando perdeu seu olho, mandou que seu elfo tirasse o dele para que usasse), disse a famosa frase “Nada une mais bruxos que votos do mar”, ou também conhecidos como juramentos inquebráveis. E assim segue até hoje, onde que para entrar na Guarda um indivíduo deve fazer um juramento de lealdade ao conselho e nunca mais abandona-lo.
Apesar de ser uma Instituição oficial, a Guarda do Conselho é conhecida pelas suas atrocidades com seus prisioneiros que poucas vezes chegam vivos ao Conselho dos Bruxos. É, em sua maioria, formada por homens e atuam de forma mais escrota possível em seus navios. Utilizam , geralmente, sobretudos de couro de dragão negro por se dizerem “Carrascos do Mar”, ainda que tenhamos Guardas que prefiram vestes mais exóticas (como douradas). O General da Guarda é também o Capitão do “Orgulho da Magia”, um dos navios mágicos mais potentes do Conselho. A Guarda ainda é formada por mais sete capitães.
Hoje, a Guarda do Conselho dos Bruxos é organizada da seguinte forma:



    O COMANDO:
          
  1. General da Guarda do Conselho → → Maior autoridade da Guarda do Conselho dos Bruxos, geralmente é um indivíduo juramentado há mais de vinte anos e com grandes feitos em seu histórico. É o Capitão do “Orgulho da Magia” e de toda a tripulação e equipe da Guarda, portanto é sempre quem gerencia as frentes de batalha. (Vaga: 0/1; Salário: 19.000 Diabretes Dourados).

  2.       
  3. Conselheiros Etários da Guarda do Conselho → Antigos Generais da Guarda do Conselho que “aposentaram-se” devido à sua idade e, no entanto, ainda honram o juramento aconselhando o General com suas sabedorias. O mais jovem conselheiro Etário possuía oitenta anos. Geralmente viajam a bordo do Orgulho da Magia, quando não estão em Atalaia do Caribe. (Vaga: 0/2; Salário: 13.000 Diabretes Dourados).


  4. A tropa da Guarda é dividida nas seguintes tripulações:
    Grindylow Apartidário
  5. Capitão do Grindylow Apartidário → O Capitão da Tripulação do Grindylow Apartidário é também responsável pela grande tropa de ataque da Guarda. É quem responde por toda a segurança em terra do Caribe e quem atua na Segunda Linha de Frente. Geralmente, os Capitães do Grindlow Apartidário são escolhidos pelas suas crueldades. A tripulação é famosa por suas festas. (Vaga: 0/1; Salário: 13.000 Diabretes Dourados).

  6.       
  7. Guarda do Conselho (Grindylow Apartidário) → Braço atuante da Guarda. São Guardas experientes que atuam com autoridade perante os outros (NPC). São conhecidos pelas suas atitudes cruéis e impiedosas, além de serem abusivos na maioria das vezes. (Vaga: 0/3; Salário: 10.000 Diabretes Dourados e 300 Duendes de Prata).


  8. Noite Nebulosa
  9. Capitão do Noite Nebulosa → O Capitão da Tripulação do Noite Nebulosa é o maior responsável pela Guarda Especial do Conselho dos Bruxos e pela retaguarda da sua frota. É quem responde por toda a segurança em terra do Caribe e quem atua na Segunda Linha de Frente. Geralmente, os Capitães do Noite Nebulosa são identificados pela sua inteligência. (Vaga: 0/1; Salário: 13.000 Diabretes Dourados). 

  10.       
  11. Guarda do Conselho (Noite Nebulosa) →  Braço atuante da Guarda. São Guardas experientes que atuam com autoridade perante os outros (NPC). São conhecidos pelas suas atitudes cruéis e impiedosas, além de serem abusivos na maioria das vezes. (Vaga: 0/3; Salário: 10.000 Diabretes Dourados e 300 Duendes de Prata).


  12. Mergulhador da Guarda do Conselho (Noite Nebulosa) →  Braço atuante da Guarda. São Guardas experientes que atuam com autoridade perante os outros (NPC). São conhecidos pelas suas atitudes cruéis e impiedosas, além de serem abusivos na maioria das vezes. Esses são especialistas em mergulhos, fazendo grandes investidas noturnas. (Vaga: 0/2; Salário: 10.000 Diabretes Dourados e 300 Duendes de Prata).




The Holy Death
avatar
Cargo : NPC


Varinha : Já ouviu falar na Varinha de Sabugueiro? Pois é, eu que criei '-'


Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum